Vá direto para o conteúdo principal

Usamos os cookies para uma melhor experiência durante o uso do site. Ao continuar, você concorda com nossa Política de Privacidade.

icone-whatsapp-grupo-iw8-construmaq 48 3238 9838 email-grupo-iw8-construmaq
0 ítem na sua lista

Cimento Peruano em Rio Branco no Acre

Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no LinkedIn Imprimir
Foto - Cimento Peruano em Rio Branco no AcreImagens Ilustrativas
Produtos fabricados pelo Grupo IW8
Levando em conta a situação de emergência no Estado decretada pelo governador Tião Viana no fim de fevereiro de 2014, a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) publicou nesta sexta, 21, no Diário Oficial da União, a resolução de número 4.289, que concede autorização para o transporte de mercadorias oriundas do Peru.

Devendo se estender durante 90 dias, a medida visa evitar o desabastecimento do Acre, que está isolado do restante do país por terra, devido à cheia do Rio Madeira, em Rondônia. Também na manhã desta sexta, empresários do ramo da construção civil receberam cimento vindo da fábrica Yura, de Arequipa, no Peru. O descarregamento dos produtos é feito em Iñapari.

Segundo o empresário Márcio Rebouças, o preço do cimento nacional era de R$31 a saca, mas com o fechamento da BR-364 o valor subiu para R$40. “Pensando em baratear o produto no Acre, estamos fazendo um esforço e, graças ao apoio do governo do Estado, estamos importando cimento do Peru e vendendo um produto de qualidade a R$28 a saca”, destacou.

Entre as empresas listadas pela ANTT estão a Acre Serviços de Limpeza, Amazônia Transporte, Agroboi Importação e Exportação, Acre Madeira & Energia Alternativa, Adinn Construção e Pavimentação e Aba Comércio de Materiais de Construção e Transporte.
Foto - Cimento Peruano em Rio Branco no AcreImagens Ilustrativas
Produtos fabricados pelo Grupo IW8
Levando em conta a situação de emergência no Estado decretada pelo governador Tião Viana no fim de fevereiro de 2014, a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) publicou nesta sexta, 21, no Diário Oficial da União, a resolução de número 4.289, que concede autorização para o transporte de mercadorias oriundas do Peru.

Devendo se estender durante 90 dias, a medida visa evitar o desabastecimento do Acre, que está isolado do restante do país por terra, devido à cheia do Rio Madeira, em Rondônia. Também na manhã desta sexta, empresários do ramo da construção civil receberam cimento vindo da fábrica Yura, de Arequipa, no Peru. O descarregamento dos produtos é feito em Iñapari.

Segundo o empresário Márcio Rebouças, o preço do cimento nacional era de R$31 a saca, mas com o fechamento da BR-364 o valor subiu para R$40. “Pensando em baratear o produto no Acre, estamos fazendo um esforço e, graças ao apoio do governo do Estado, estamos importando cimento do Peru e vendendo um produto de qualidade a R$28 a saca”, destacou.

Entre as empresas listadas pela ANTT estão a Acre Serviços de Limpeza, Amazônia Transporte, Agroboi Importação e Exportação, Acre Madeira & Energia Alternativa, Adinn Construção e Pavimentação e Aba Comércio de Materiais de Construção e Transporte.


Fonte: ORB


Para comprar direto de fábrica com os melhores preços de venda, entre em contato conosco.


link para pagina de produtos



contato-orçamento
redes-sociais
icone-whatsapp-grupo-iw8-construmaq
© Todos os direitos reservados IW8 Grupo Contrumaq - 2020